fbpx

Como estão as práticas de gestão de pessoas neste futuro que já chegou?

Você já parou para pensar que o presente que estamos vivendo hoje é o futuro de alguns meses atrás? O que parecia muito distante, está acontecendo. E é agora.

 Há menos de cinco anos falávamos sobre as tecnologias que poderiam oferecer novas interações entre pessoas e máquinas. Hoje, estamos vivendo a necessidade de transformação na gestão de pessoas e nos negócios. A Inteligência Artificial conseguiu criar robots que são como colegas digitais. A interface tecnológica já adicionou os sentidos humanos na interação pessoas-máquinas. Já há formas seguras de registro de dados como Blockchain, trazendo mais transparência e segurança. A realidade aumentada já confunde mundos digitais e físicos.

A leitura dos sinais de mudança fica claro depois de percebemos todas essas evoluções em poucos anos. A pergunta que fica é: Quais ações concretas estão sendo ou serão ainda tomadas, principalmente quando olhamos para a gestão de pessoas?

3 práticas de gestão de pessoas que a tecnologia já possibilitou

  1. Gestão de Talentos:

A utilização de IA, com algoritmos bem definidos bem como utilizando ferramentas de “gamification” por exemplo já é possível a identificação mais assertiva de habilidades e competências dos profissionais, alinhamento cultural entre outros. Ferramentas que permitirão as organizações melhor capacidade de identificar talentos alinhado ao plano estratégico de negócios. Como consequência os processos de recrutamento e seleção e desenvolvimento de pessoas serão fortemente impactados.

O conceito é fazer com que os candidatos, através de jogos interativos, se candidatem a uma vaga em aberto. Dessa forma, o candidato fica mais engajado e oferece informações relevantes para criação do perfil profissional dentro do jogo. Com mais informações sobre o candidato, os critérios de triagem e seleção se tornam mais apurados e eficientes.

Imagine a sua equipe de RH poder, a partir de poucos cliques, ter o ranking completo dos candidatos mais aderentes às vagas em aberto, levando em consideração critérios de seleção específicos como:

  • Fit Cultural;
  • Personalidade;
  • Atenção Concentrada;
  • Experiência;
  • Língua Portuguesa;
  • Lógica;
  • Inglês;
  • Formação;
  • Redação On-line;
  • Vídeo Entrevista;
  • Geolocalização;
  • Dados Demográficos.

Além disso, utilizando uma plataforma inteligente de recrutamento e seleção, a equipe também conta com um dashboard que oferece dados para medir a eficiência do recrutamento e do time.

 

  1. Empoderamento e Colaboração:

Novas estruturas organizacionais com processos descentralizados de tomada de decisão empoderando as pessoas serão fundamentais para sustentação dos negócios.

Tecnologias e plataformas existentes podem facilitar as possiblidades de trabalho colaborativo, gestão de projetos e comunicação dentre outras. (Exemplos: Slack, Discord, Gtihub)

A tecnologia permite que todos tenham voz com a mesma força e que possam unir juntos forças para construir um produto ou oferecer um serviço melhor. A tecnologia empoderou e incentivou a colaboração entre as pessoas.

  1. Conhecimento em Inteligência Artificial:

Ainda estamos engatinhando neste assunto, há muito a fazer no sentido de preparar as pessoas e organizações para seu correto entendimento e aplicação. Trata-se de tecnologia que se desenvolve de forma acelerada.

É preciso entender as possibilidades e ter a inteligência de saber aplicar a IA nos setores mais estratégicos da empresa. Além de saber utilizar a tecnologia, o grande segredo do sucesso será em onde e para que utilizar essa tecnologia.

No futuro a relação pessoas-máquinas será diferente. Lembre-se, em poucos anos já estaremos vivendo essa realidade.

A gestão de pessoas é ampla e o profissional que ama desafios, está cheio de trabalho a fazer. Utilizando as novas tecnologias, é possível implementar novos processos e pensar fora da caixa dentro de todas as áreas de Recursos Humano. Lembre-se que qualquer área pode receber melhorias, incluindo as avaliações de performance, de remuneração, meritocracia e igualdade de oportunidades, direitos e proteções dos trabalhadores e organização do trabalho.

 

E você, como profissional de RH, como está contribuindo para que a transformação digital seja constante e estratégica dentro da sua equipe?

 

Tradução