fbpx

Vagas afirmativas como ferramenta de transformação social

Ao olhar para o mercado de trabalho, é visível que mulheres, pretos e pardos e LGBTQIAP+ não possuem as mesmas oportunidades, por questões históricas e sociais. Um levantamento feito pelo IBGE revelou que 54,5% das mulheres com 15 anos ou mais integram a força de trabalho, enquanto que entre os homens esse percentual é de 73,7%. E ainda, mais da metade dos brasileiros desempregados são mulheres e 60% destas são mulheres negras.

Em uma tentativa de reparar essa situação, as vagas afirmativas existem para promover oportunidades para essas pessoas, com políticas públicas e corporativas para promover a diversidade e equidade em diferentes áreas, cargos e níveis hierárquicos. 

A Taqe nasceu com o propósito de gerar oportunidade para todos. Buscamos ser o conector do ecossistema de empregabilidade, viabilizando o encontro dos diferentes atores – cidadãos, empresas, instituições de ensino, organizações sociais e governos – em torno da identidade profissional dos nossos usuários, gerando valor para a sociedade.

O ranking de candidatos da nossa plataforma atende aos critérios de perfil de candidatos definidos pelas empresas e possibilita a atribuição de um peso maior a critérios que aumentem a representatividade daqueles que têm condições menos favorecidas, como raça, etnia, gênero, orientação sexual ou condição socioeconômica. Dessa forma, esses candidatos têm um maior acesso a oportunidades.

As ações afirmativas não são apenas importantes, como também contribuem para uma mudança maior na sociedade, É a partir delas que as pessoas conseguem aumentar o poder aquisitivo, melhorar as condições de moradia e avançar no âmbito educacional. Se não tivessem acesso a essas oportunidades, a desigualdade social se perpetuará da mesma forma.

Hoje, vemos que muitas empresas já estão percebendo a importância de seu papel na transformação da nossa sociedade. Nós atuamos com empresas que promovem vagas afirmativas em seus programas de recrutamento chegando a alcançar até 80% de diversidade entre os aprovados.

Por isso, em resposta à recente notícia da remoção de uma vaga afirmativa em uma rede social, sob o argumento de discriminação, estamos vindo a público para dizer que acreditamos que ações afirmativas de equidade ainda são muito necessárias nesse momento. 

O recrutamento tem grande relevância nesse processo, mas é apenas a porta de entrada. Sabemos que a verdadeira inclusão acontece no dia a dia. Ou seja, além de selecionar candidatos diversos, é preciso integrá-los, capacitá-los e dar oportunidades de crescimento para que esses talentos continuem se desenvolvendo, transformando suas vidas, de suas famílias e seu entorno. Ainda mais em nosso país, onde pessoas sub-representadas são a maioria da população. 

Vamos juntos ser agentes da mudança, promovendo equidade e oportunidades para todes.