Como automatizar o processo de recrutamento e seleção

A tecnologia avança a cada dia. Hoje, algo novo pode tornar o de ontem, que já era novo, obsoleto. Isso ocorreu com os CD’s e Dvd’s. Até mesmo com os celulares. Tudo evolui e sempre com propósito de facilitar a vida de todos nós.

E esse avanço também chega aos processos do RH. Automatização com a ajuda de softwares é algo indispensável nos dias de hoje. Reduzir o tempo das etapas, visando um melhor resultado e com muito mais agilidade, tornam essa opção a tendência do momento.

Por isso, abaixo, você saberá mais como funciona, como automatizar, o que automatizar, benéficos e problemas a serem solucionados. Ficou curioso? Então bora para a leitura!

Como funciona o processo de recrutamento e seleção de pessoal?

O processo de recrutamento e seleção ocorre em duas etapas: recrutamento e seleção. Esses processos precisam estar ligados através de um bom planejamento, evitando energia, dinheiro e tempo gastos de forma desnecessária.

Mas como funciona? Começa com recrutamento, onde a ideia é a divulgação de uma vaga, com os detalhes específicos e objetivos necessários. O recrutador poderá usar e-mails, redes sociais e sites específicos para esses anúncios, que tem como principal objetivo atrair um número significativo de candidatos.

Após essa etapa, um provável bolo de currículos surgirá. Onde, dessa forma, a equipe de seleção fará a triagem desses cv’s. Esse processo é importante para filtrar se o que chegou é o ideal para objetivo proposto pela vaga.

Candidatos selecionados, hora de marcar a entrevista. Dependendo da empresa, uma simples conversa online ou de forma pessoal bastará para uma avaliação. Mas há empresas que vão a fundo, criando dinâmicas e interações que indicarão o melhor entre os escolhidos.

Por fim, vem as negociações pela vaga, definições de salários e de horário. Entrega dos documentos, assinatura e a integração. Essa última parte visa a apresentação da empresa, da equipe e do local de trabalho. Um detalhe importante, onde a boa recepção do novo funcionário é fundamental para um ótimo início na empresa.

Como automatizar o processo de recrutamento e seleção?

Imaginem todo o processo acima: criar vaga, pensar em algo criativo para atrair novos candidatos, triagem, ligações para disponibilidade de horário para entrevista, mais triagem, rasga papel, imprimi currículo, desmarca horário, organizar dinâmicas, aprova, reprova, dar feedback… reinicia, tudo outra vez… ufa.

Bom, o primeiro passo será mapear todas essas ações. Entender o processo como um todo. Ver cada detalhe e determinar o tempo, energia e dinheiro gasto para cada passo. Feito? Agora classificaremos essas tarefas entre sequenciais e repetitivas.

Agora, a automação precisa seguir um caminho. Onde cada um terá seus prós e contras. Primeiro pergunte: faremos a automação internamente, ou seja, em casa? Ou buscaremos a solução no mercado?

Fazer a automação em casa é algo mais caro. Terá a necessidade de contratar um profissional especializado na área para o desenvolvimento da aplicação. Mas por outro lado, terá uma maior liberdade no desenvolvimento, seguindo os objetivos para automação do processo de recrutamento e seleção.

Já a opção de buscar a solução no mercado tendo a ser mais barata. Mas a liberdade apresentada acima, ficará à mercê da disponibilidade do contratante. No final, tudo dependerá do quão complexo será a ideia de automação e dos objetivos que variam de empresa para empresa.

Qual a importância?

Vivemos em um mundo de constante atualização e desenvolvimento da tecnologia. Infelizmente ou felizmente, vemos cada vez mais máquinas substituindo o trabalho manual de humanos.

Por mais que isso assuste, é a tendência natural que a humanidade adotou. E em certos casos, o trabalho elaborado por uma máquina será muito mais eficiente, ágil e assertivo do que o de um humano.

No recrutamento e seleção essa questão é bem evidente. Lembra dos exaustivos processos sequenciais e repetitivos do exercício anterior? Então, isso tudo pode ser simplificado com ações de uma máquina, que podem gerar benefícios incríveis ao setor, empresa e o profissional, que sempre terá sua importância nesse processo. Confira:

Seleção de currículo:

Imaginem uma vaga bem elaborada e que tenha atraído diversos currículos. Vamos dizer que cerca de 500. Pense no tempo de triagem que será realizado para selecionar os candidatos ideais? Some a possibilidade de erro humano, onde um currículo bom é deixado de lado ou um ruim aprovado. Fora todo o tempo nesta etapa.

Agora imaginem isso tudo sendo feito em segundos, de forma assertiva e sem estresse? Pronto, temos nosso primeiro benefício.

Segurança de dados:

Aqui é evitar questões voltadas à manipulação das informações. Como o acesso é mais restrito, impede algum tipo de problema, onde apenas os profissionais qualificados do setor terão acesso a informações mais sensíveis. Fora, que dependendo do tipo de armazenamento (nuvem) impede possíveis perdas de bases.

Diminuição no custo de equipe:

Todo aquele processo requer uma equipe. E times de recrutamento tendem a ser caros, devido a todas as etapas abordadas. Com a automatização de recrutamento e seleção, a tendência é uma redução no efetivo, pois o trabalho estará bem mais condicionado.

Contratação de maior qualidade:

Sem a demora de uma triagem, a chance de apenas currículos certos serem selecionados e candidatos aprovados para a contração é bem maior.


Conheça o APP que irá te ajudar a automatizar o processo de recrutamento e seleção e aumentar em até 400% a eficiência de contratação da sua empresa:

Plataforma de recrutamento e seleção – Taqe

Quais serviços e processos de RH podem ser automatizados?

Quase todos os processos de recrutamento e seleção podem ser automatizados. Claro, parte deles ainda necessitará de um humano para definições e análises. Mas tudo servirá para deixar as etapas mais assertivas e ágeis. Vamos a elas:

Anúncios: Ainda não há como automatizar a criatividade na hora de anunciar a vaga. Mas podemos condicionar os disparos, onde o envio em segundo a todos os canais fundamentais ocorrerá. Além da gestão de informação dessa vaga: quantos candidatos? Quantos viram? Imprimiu quanto?  

Contanto preliminar:

As vagas geram dúvida entre os interessados: qual o salário? Qual o horário? Tempo de almoço? É flexível? Home office? Enfim, há uma série de questões que podem ser automatizadas para um bot fazer esse contato preliminar. Onde em casos mais complexos, ele passará ao atendimento real para dar prosseguimento.

Triagem:

De todas as automações, aqui, sem dúvidas, há um ganho de tempo muito considerável. A triagem por si só demanda tempo. Você precisa analisar currículo por currículo. Entender se aquele candidato é apto de verdade para a vaga proposta. E de verdade, às vezes essa análise acaba por ser falha, tanto para mais, quanto para menos.  

Entrevista de vídeo:

Alerta de tecnologia avançada que pode te assustar. Mas entrevista por vídeo podem usar o mecanismo de leitura facial. Isso indicará se o candidato estava nervoso, irritado, confiante ou triste.

Feedback:

É sempre importante dar um feedback, explicar o porquê daquele indivíduo não ter passado nos testes. Faz parte do desenvolvimento proposto pelo setor. Mas dar feedback é uma tarefa repetitiva, que pode ser automatizada e dispara em massa aos candidatos reprovados.

Quais problemas do RH são resolvidos com a automação de processos?

Quando pensamos em recursos humanos, o setor propriamente dito, temos como visão algo muito mais burocrático, engessado, lento e até mesmo obsoleto. O tipo de prática abordada nesse artigo, indica um avanço, uma ideia de modernidade para mudar essa imagem.

Em um mercado extremamente competitivo e que não aceita erros. Toda empresa precisa capacitar e focar os seus gastos, tempo e energia em algo planejado, pensado e com propósito.

Por isso, opções que tendem a deixar o que está obsoleto para trás é um dos problemas a serem resolvidos com a automação. Além de focar em questões menos operacionais. No mundo ideal, o resultado surge de forma rápida, assertiva, sem burocracia e de extrema qualidade.

Cases de empresas que automatizaram seu processo de recrutamento

Empresas como Hospital Albert Einstein, Callink e muitas outras, veem optando pela automatização de seus processos de recrutamento e seleção, aumentando a efetividade das vagas preenchidas com candidatos que realmente possuem um fit cultural com a organização.

Conheça alguns desses cases:

Automatização de recrutamento e seleção do Hospital Albert Einstein

O Hospital Albert Einstein reduziu em 61% o tempo de preenchimento de suas vagas

Seguindo a tendência do Hospital Albert Einstein, a empresa Callink também optou pela automatização do processo de recrutamento e conseguiu preencher 246 contratações em 8 dias, ou seja, isso representa em média 22 dias a menos que o processo tradicional.

Automatização de recrutamento e seleção da Callink

A Callink realizou 246 contratações em 8 dias, 22 dias a menos que o processo tradicional

Realmente são resultados interessantes que todas as empresas podem ter. Comece a transformação digital da sua empresa, começando pelo processo de recrutamento e seleção.