fbpx

Como agilidade e resiliência ajudam pequenas e médias empresas a ter sucesso

Como as empresas menores estão prontas para superar obstáculos e liderar o avanço para uma forte recuperação econômica

As pequenas e médias empresas têm sido a espinha dorsal da economia em vários países, em grande parte devido ao espírito empreendedor de seus fundadores. Isso inclui o impulso e a determinação de operar em todos os momentos, mais recentemente, dezoito meses de interrupções relacionadas à pandemia.

Com o retorno ao local de trabalho em destaque, os líderes empresariais estão em uma nova fase à medida que avaliam e se adaptam. As pequenas e médias empresas estão posicionadas de forma única para enfrentar esse desafio, em parte por causa de sua agilidade e resiliência, a capacidade de dinamizar rapidamente. 

Mesmo com um aumento nas variantes da Covid-19, mudanças nas orientações dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, debate em torno das vacinas necessárias e resistência dos funcionários para continuar trabalhando em casa, líderes experientes que permanecem comprometidos com um plano e estratégia sólidos podem manter os resultados, desde que incorporem alguns passos apropriados.

Avalie a fundação

A avaliação rigorosa da fundação de uma empresa (com o objetivo de identificar formas de reorganização de equipes, processos e procedimentos) é um primeiro passo fundamental. 

À medida que as condições mudam, uma empresa deve ser capaz de evitar qualquer confusão que possa fazer com que ela perca efetivamente sua vantagem competitiva. 

Por exemplo, retornar ao local de trabalho em um modelo híbrido deve ser uma transição suave para empresas que possuem a base adequada. Quando a gestão está alinhada e focada, com base em uma base sólida e adaptável, a empresa está posicionada para identificar e garantir oportunidades.

Planeje adequadamente

Bons líderes empresariais reconhecem a importância de ter um plano estratégico, especialmente depois de vivenciar as mudanças que vêm acontecendo desde março de 2020. Portanto, se ainda não foi feito, agora é a hora de reavaliar os planos existentes à medida que a economia continua a reabrir totalmente e começar a mapear para 2022 de maneira realista. 

Embora muitas fontes prevejam um crescimento econômico modesto neste ano, os planos devem ser conservadores, temperados por um otimismo cauteloso. É imperativo que as empresas levem em consideração a adaptabilidade, metas, processos e estratégias flexíveis que podem ajudar a estabilizar um negócio durante uma economia em mudança.

Um fator crucial é reunir-se com gerentes e supervisores para identificar áreas e oportunidades de crescimento, ao mesmo tempo em que identifica os esforços/departamentos que devem ser reduzidos. 

Obter a adesão dos funcionários não apenas ajuda a destacar essas áreas, mas também gera boa vontade e confiança.

Comprometa-se com uma estratégia

Muitos empregadores estão hesitantes em tomar uma posição sobre o retorno ao local de trabalho, o que pode levar à incerteza para os funcionários e afetar a moral e a produtividade. 

Este momento é uma oportunidade para os líderes da empresa desenvolverem uma estratégia de longo prazo que atenda efetivamente às suas necessidades, bem como as dos colaboradores. 

Quando os empregadores podem fornecer mais certeza, os funcionários se sentem mais seguros sobre o negócio e seu futuro, levando ao aumento da produtividade. Assim, os líderes devem tomar decisões estratégicas em relação ao tipo de ambiente de trabalho que os funcionários podem esperar, agora e no futuro. 

Seja a estrutura híbrida, remota ou no escritório, desenvolva-a e compartilhe-a e determine até que ponto os procedimentos que envolvem atrair, contratar e integrar novos funcionários podem ter que mudar ainda mais se as preocupações com saúde e segurança aumentarem. 

Por fim, identifique e implemente quaisquer novas tecnologias para ajudar os sistemas a permanecerem atualizados e conectados. Líderes experientes reconhecem que desenvolver uma estratégia de empresa que cuide de seu pessoal e o coloque no centro das decisões ajuda outras áreas do negócio a atingir o potencial máximo.

Incentive a inovação

Os empreendedores são normalmente considerados inovadores, o motor de novas indústrias, produtos e serviços. Eles se arriscam com ideias e muitos aproveitam as oportunidades em tempos difíceis. 

Há também inovadores dentro das empresas que podem trazer ideias criativas para a mesa; proprietários e supervisores devem aproveitar esses recursos, incentivando os funcionários a compartilhar pensamentos e ideias por meio de sessões de brainstorming ou criando um concurso para as melhores inovações. 

Como benefício adicional, promovem a formação de equipes e a coesão, servindo como forma de direcionar energia positiva com foco renovado na empresa.

Mostrar confiança e positividade

Quando os líderes de negócios manifestam confiança na equipe, isso leva ao otimismo em toda a empresa, criando uma experiência de funcionário que se alinha aos valores centrais e à missão geral da empresa. 

Da mesma forma, exibir uma atitude positiva pode significar a diferença entre sucesso e fracasso, especialmente em tempos de evolução. Encontrar qualquer lado positivo que encoraje a força de trabalho a continuar com fé e otimismo permanentes, independentemente da situação, valerá a pena.

Tradução