fbpx

Como a tecnologia ajuda cada etapa do processo seletivo

Não importa o tamanho da empresa: ter um processo de recrutamento e seleção bem estabelecido pode fazer toda e diferença na companhia. Isso porque para encontrar candidatos adequados e com os perfis desejados, é preciso ter estratégias para garantir uma boa relação custo-benefício.

Ter um gerenciamento desse processo pode trazer muita insegurança aos departamentos de recursos humanos, mas a boa notícia é que a tecnologia é uma boa aliada. 

No texto abaixo, você vai aprender como a tecnologia pode ajudar em cada etapa do processo seletivo e como usá-la na sua empresa.

O processo seletivo 

Como o próprio nome já diz, o processo seletivo tem como objetivo identificar pessoas com as características (qualidades e habilidades) compatíveis com o que é pedido em uma determinada vaga e cargo. 

Ele pode ser interno ou externo e muitas pessoas ainda o confundem com a entrevista. 

  • Processo seletivo: seleção de candidatos em um primeiro momento.
  • Entrevista: conversa onde se analisa as características pessoais e profissionais de um candidato. 

Quais as etapas de um processo seletivo?

Entre as etapas que fazem parte de um processo seletivo estão: 

  • Definição da vaga;
  • Definição de atribuições e salário;
  • Abertura e divulgação de vaga;
  • Seleção de currículos;
  • Convocação para entrevista;
  • Dinâmicas de seleção;
  • Entrevista com o gestor;
  • Contratação ou eliminação.

E para todas essas etapas é possível utilizar algum tipo de tecnologia. 

A tecnologia nas etapas de seleção

Atração de talentos

O recrutamento e seleção pode ser um processo pontual, mas a atração de talentos é um processo contínuo. 

A empresa precisa investir na construção de uma marca empregadora e em uma boa experiência de trabalho. 

E para isso é preciso usar a tecnologia e criar uma página de carreira. Nela é possível ter informações sobre a empresa, as vagas abertas e cultura organizacional, tudo em uma página online. 

Definição e atributos da vaga 

Quando se percebe a necessidade de contratação de uma pessoa (ou várias pessoas), o líder da área procura o RH para especificar as competências necessárias da vaga. 

Esse pedido de abertura da vaga pode ser feito de diversas formas, desde um alinhamento pessoal até por meio de um software

Usar a tecnologia nessa etapa potencializa o fluxo de trabalho, pois concentra a comunicação e a troca de informações em um único lugar. 

Recrutamento

Vaga alinhada com o gestor, é hora de abri-la e começar o recrutamento! 

Essa etapa também envolve a divulgação. Usar portais de vagas, páginas de carreira e redes sociais pode ajudar. Hoje em dia, as redes sociais estão se mostrando grandes aliadas nesse processo.

Triagem dos candidatos

Dependendo da vaga é possível receber mais de cem candidaturas. Analisar cada pessoa pode ser um processo demorado se realizado manualmente. E é aqui que a tecnologia ajuda. 

Em softwares como o TAQE é possível filtrar os candidatos de acordo com o perfil especificado da vaga, bem como escolher as pessoas com determinadas habilidades. 

Ao automatizar essa etapa, os candidatos podem contar com um feedback mais ágil sobre o processo (se continua ou não) e o RH consegue dedicar mais tempo para as próximas etapas. 

Aplicação de testes

Candidatos pré-selecionados, hora de aplicar os testes com o intuito de conhecer melhor cada um deles e ver se realmente possuem as habilidades necessárias para ocupar o cargo. 

Os testes mais comuns são os de conhecimento gerais, de competências técnicas e comportamentais, bem como o fit cultural. No TAQE todos esses testes estão disponíveis, bem como a redação online. 

Entrevista de seleção

Parte importante do processo de recrutamento e seleção, e entrevista também pode contar com a ajuda da tecnologia. 

Hoje é bastante comum as entrevistas serem feitas por vídeos (online), gerando flexibilidade para os candidatos e recrutadores. 

Além disso, é possível contar com ferramentas adicionais, como módulos de gravação e transcrição de áudio. 

Feedback

Seja para informar ao candidato que ele passou para as próximas etapas ou que ele não foi aprovado, existem diversos tipos de feedback no processo de recrutamento e seleção. E essa comunicação é fundamental para orientar e melhorar a experiência do candidato. 

Agora, imagine ter que dar um feedback para cada pessoa que participou do processo manualmente! Com um software de recrutamento esse envio é automatizado em tempo real, o que oferece agilidade e qualidade na comunicação. 

Um processo de seleção pode ser longo e complexo, tendo várias etapas. Por isso, é importante ter a tecnologia como aliada e as empresas podem contar com o TAQE. 

O software conta com a inteligência de dados para reduzir o custo e o tempo das contratações, além de automatizar e centralizar a gestão dos processos seletivos. Experimente o TAQE.

5 vantagens de usar a tecnologia no processo de seleção

Um dos requisitos para o RH moderno é usar as tecnologias e estar atento às inovações. Os talentos estão mudando e essa área precisa acompanhar essas mudanças.

Confira 5 motivos para usar a tecnologia no seu processo de recrutamento e seleção.

Mais eficiência

Hoje em dia são poucas as empresas que recebem currículos impressos. E-mail, plataformas de empregos e redes sociais já faz parte da rotina de quem está buscando uma oportunidade de emprego. 

Com isso, vemos que a tecnologia agiliza os processos, deixando-os mais eficientes. 

Otimização de tempo

O tempo é uma das coisas mais impactadas pelo uso da tecnologia. Como comentamos, imagine olhar mais de cem currículos para uma única vaga sem usar a tecnologia! 

Ao optar por softwares de recrutamento, é possível resolver questões mais rapidamente, bem como olhar os dados dos candidatos em um único lugar. 

Redução de custos

Caso a empresa opte por um software de seleção, é possível fazer várias funções sem precisar gastar a cada nova demanda. 

O uso de recursos digitais permite que as ferramentas estejam disponíveis sem um custo extra. 

Capacitação

Ao usar a tecnologia aliada ao RH a empresa pode ter uma transformação da cultura organizacional, pois irá promover o conhecimento técnico e mais autonomia para os seus colaboradores.  

Dar mais qualidade de trabalho ao recrutador é um primeiro passo para contratar os melhores candidatos para a empresa. 

Gerenciamento de processos

Com a tecnologia é possível estruturar todo o processo de recrutamento e seleção, criando as etapas e seguindo-as tranquilamente, pois com a automação as coisas ficam mais didáticas, facilitando a compreensão de todos os envolvidos nessa tarefa. 

Como aplicar a tecnologia no processo seletivo

Há diversas formas de aplicar a tecnologia na gestão do processo seletivo:

Big Data

Com o uso das redes sociais o grande volume de dados gerados pode ser aproveitado para entender os perfis e descobrir tendências de comportamento. 

Use esses dados para identificar padrões entre os colaboradores e criar referências para as futuras contratações. 

Gamificação

O recurso de gamificação pode ser usado em diferentes contextos. No processo seletivo, por exemplo, ele pode estabelecer fases e pontuações durante a escolha dos candidatos. Isso pode fazer com que eles fiquem mais motivados a participar do processo. 

Redes sociais

Quase todo mundo tem uma rede social hoje em dia. Mais do que um canal de comunicação, elas se tornaram ferramentas importantes para buscar novas oportunidades profissionais. 

Aproveite esse ambiente para divulgar novas oportunidades e mostrar o que a empresa está fazendo. 

Teste online

Para ter um processo seletivo mais funcional, opte pelos testes online. Com eles é possível triar profissionais verificando se as competências se adequam ao que a vaga precisa.

O TAQE tem testes online de português, lógica, inglês e redação. E com os testes do aplicativo, todos são avaliados de forma automática segundo a aderência com as vagas e cultura das empresas.

Por que usar a tecnologia na gestão do processo seletivo?

Entre as principais vantagens da tecnologia no processo seletivo estão:

  • Automação das etapas;
  • Agendamentos online;
  • Agilidade no processo de captação de talentos;
  • Otimização do processo de recrutamento;
  • Mais organização no processo seletivo e otimização de tempo;
  • Praticidade na realização de entrevistas:
  • Mais qualidade na capacitação profissional;
  • Operações mais simplificadas;
  • Redução de erros e retrabalhos;
  • Melhor mensuração dos resultados.

Ao usar um software de qualidade, como o TAQE, é possível ver a diferença na hora de aplicar a tecnologia na gestão de todo o processo seletivo. Saiba mais e venha experimentar o TAQE