fbpx

05 motivos para fazer entrevistas em vídeo e como fazê-las

Não é de hoje que a tecnologia está ganhando espaço nos processos seletivos das empresas – tanto internos quanto externos – auxiliando a área de recursos humanos a ser cada dia mais estratégica. 

Na etapa de recrutamento e seleção a novidade é a vídeo entrevista. Frente a concorrência, para ganhar vantagem competitiva as empresas precisam estar atentas e acompanhar as mudanças, bem como oportunidades. Mas como os formatos de vídeo entrevistas podem ajudar? Confira no texto abaixo! 

O que é vídeo entrevista?

O vídeo entrevista pode ser de duas formas: o envio de vídeos do candidato respondendo algo enviado pelo RH. Neste caso, a duração desse vídeo pode ou não ter um tempo determinado pelo recrutador. 

A segunda forma é a videoconferência, que pode ser feita por celular ou plataforma escolhida pelo recrutador. Esse modelo se tornou bastante comum com a pandemia do corona vírus. 

Por que fazer entrevista em vídeo?

Além de influenciar na produtividade, engajamento e na facilidade dos feedbacks, os principais motivos de usar o vídeo em entrevistas são:

Otimização de tempo

Com a automatização dos processos operacionais por meio da tecnologia, o recrutamento pode ser feito em menor tempo e é possível aumentar a visibilidade das vagas. 

Ao optar pelo vídeo entrevistas, as conversas personalizadas e as dinâmicas podem ser feitas nesse formato, sendo possível analisar mais rapidamente o material e o perfil do candidato. Caso ele tenha o match, aí sim, é possível agendar uma entrevista presencial. 

Economia

Seja direta ou indiretamente, as soluções digitais reduzem o custo de processos internos. Com o recrutamento digitalizado e o uso do vídeo entrevista, fica mais fácil reter talentos gastando menos tempo, recursos e dinheiro. 

Os vídeos ainda aumentam o engajamento com a marca, uma vez que alcança mais pessoas e agiliza o processo de entrevistas. 

Gestão de pessoas

Cuidar das pessoas é papel fundamental para a empresa manter e fortalecer como marca empregadora

Ao usar vídeo nas entrevistas, a companhia consegue deixar os candidatos mais à vontade e não precisam gastar tempo com o deslocamento para uma conversa presencial com o recrutador e possivelmente em uma entrevista futura com o gestor da área. 

Além disso, usar vídeos nas entrevistas faz com que os candidatos vejam a empresa como um local aberto para inovações. 

Estratégia

Os candidatos se sentem mais à vontade em entrevistas por vídeo e isso facilita para o recrutador na hora de ver se o perfil pessoal e profissional do candidato está de acordo com a cultura da empresa. 

Feedbacks mais ágeis

Quem já passou por um processo seletivo sabe que é normal ficar ansioso por uma resposta, seja ela positiva ou negativa. 

A vídeo entrevista otimiza o processo e faz com que esse retorno seja mais rápido, transparente e eficaz, pois é possível avaliar pontos reais do candidato.  

Entrevista em vídeo e as tecnologias

Comentamos que há duas formas de fazer entrevistas por vídeo, gravado e online.

  • Gravado: quando o candidato recebe as perguntas e grava as respostas em vídeo para enviar ao recrutador.
  • Online: quando o candidato e o recrutador se encontram em um dia e horário determinado para uma conversa em um ambiente virtual. 

Não importa qual das opções, ambas trazem benefícios, como flexibilização de tempo, maior conforto ao candidato que será entrevistado e a possibilidade de salvar a entrevista e compartilhar com outras pessoas que participam do processo, como gestores. 

Além disso, alguns softwares permitem avaliar as emoções dos candidatos ao longo dessa etapa. 

Candidato: como gravar um vídeo entrevista

Quando for gravar um vídeo para enviar a uma empresa, atente-se aos pontos abaixo.

Câmera

Tem muita gente que acha que para gravar um vídeo é preciso uma câmera profissional, mas isso não é verdade. 

Hoje em dia tem muito celular com câmeras que gravam em HD, mas caso o seu celular seja mais simples, peça para alguém gravar com um outro celular para você. 

Áudio

Mais importante que a câmera, o áudio do seu vídeo precisa estar limpo, ou seja, a pessoa que vai ouvir o seu vídeo precisa entender o que você falou. 

Procure gravar em um local silencioso e evite ambientes muito vazios, pois o som pode reverberar nas paredes, dando eco e prejudicando a qualidade do áudio. Não é necessário o uso de microfones especiais, o do próprio celular já consegue captar som perfeitamente. 

Iluminação

Sem luz, não importa o quão bom seja o seu celular, os vídeos vão ficar escuros e sem imagem. 

A melhor opção, sempre, é optar pela iluminação natural. Abra a janela e fique de frente para ela. Mas caso já esteja de noite quando você for gravar o vídeo, use duas luminárias: uma à esquerda e outra à direita. 

Uma dica para evitar sombras é não colocar uma iluminação direta no rosto. E caso não consiga fazer nenhuma das dicas acima, qualquer que seja a fonte de luz, fique sempre de frente para ela e posicione a câmera contra a luz. 

Duração

A vídeo entrevista, ao contrário de uma entrevista presencial, não tem duração exata. O ideal é que ele tenha aproximadamente dois minutos, mas pode variar. 

Leia atentamente as perguntas enviadas e veja se há limite para o tempo de resposta. Se tiver, não ultrapasse esse tempo. 

Roupas

Por mais que seja uma entrevista em vídeo, é preciso se vestir como se ela fosse presencial. Atente-se a empresa: se ela é mais formal, o ideal é se vestir com roupas sociais; mas caso ela não tenha dress code, opte por não se apresentar muito informalmente.

Roupas muito coloridas e de cores fortes podem desviar a atenção da sua fala. Evite também usar acessórios muito chamativos ou qualquer outra coisa que distraia o recrutador. 

Antes de gravar o vídeo treine o que vai falar 

Além disso, fique atento ao enquadramento: câmera torta, fora de foco, com você longe ou perto demais da câmera pode causar um desconforto para quem vai assistir. 

Dica: enquadre a sua imagem no vídeo na região do umbigo e deixe um espaço sobre a sua cabeça, pois seria assim que um entrevistador te veria pessoalmente.

Nada de ler o que você vai falar! Procure agir como se realmente estivesse na frente do recrutador e não decore o que dizer, aja naturalmente. 

Inicie o vídeo se apresentando, fale de sua formação acadêmica e experiência profissional. Você também pode escolher algum projeto que tenha gostado de participar e fale sobre suas contribuições. 

E cuidado com o português! Erros de concordância e conjugação podem fazer você perder pontos com o recrutador. Fale com calma, mostre confiança e tenha uma boa postura. 

Confira o vídeo

Tudo bem se o primeiro vídeo que gravar ficar ruim, é normal isso acontecer. Reveja a gravação para ver o que pode ser melhorado e faça novamente. 

Você pode enviar o vídeo para alguns amigos darem a opinião deles. Quando estiver tudo certo, você envia para o recrutador. 

Recrutador: como fazer uma vídeo entrevista

As vídeo entrevistas são uma ótima maneira do recrutador conhecer o candidato. Se você está recrutando candidatos para uma vaga, aposte nessa tecnologia. 

Hoje em dia, já existem softwares que possuem essa funcionalidade, como o TAQE. Com essa funcionalidade é possível conhecer profundamente os candidatos antes mesmo de um encontro presencial. Experimente o TAQE e descubra como ele pode te ajudar no recrutamento e seleção da sua empresa.