Gamificação no recrutamento e seleção: como fortalecer a marca empregadora

Você sabia que é possível aprender através de jogos interativos? Aulas convencionais não engajam mais e a tendência do gamification está sendo aplicada no processo de aprendizagem em diversas áreas. Em época de dificuldades na retenção de atenção e baixo engajamento das pessoas em atividades do cotidiano, a gamificação pode ser a solução para a motivação, para o aprendizado e para coleta de dados.

O termo gamification surgiu em 2002, mas só em 2010 foi dada a devida atenção para essa metodologia que trata sobre o uso de elementos de jogos em um contexto não relacionado a eles, como por exemplo dentro de empresas e salas de aula. E, por falar em empresas, uma das áreas de grande destaque do uso da gamificação é o recrutamento e seleção.

É possível encontrar candidatos perfeitos para vagas através de técnicas de jogo? É sim, e vamos lhe mostrar como.

O que é gamificação no recrutamento e seleção?

Quando abrimos um processo de seleção, o maior desafio é encontrar, no menor tempo possível, o candidato mais aderente ao fit cultural e comportamental da empresa e que apresente os conhecimentos e experiências técnicas necessárias.

Ter critérios de seleção baseados apenas em currículos não é uma tarefa fácil e gera ineficiência. Utilizar a gamificação para que os candidatos, através de jogos interativos, se candidatem a uma vaga é uma solução que fortalece a marca empregadora, proporcionando uma experiência inovadora no processo seletivo. Dessa forma, o candidato fica mais engajado e oferece informações relevantes para criação de seu perfil profissional dentro do jogo, o que posteriormente, se tornam critérios para triagem pela empresas.

Como funcionam os games no recrutamento?

Visando gerar um interesse e competitividade maior, a gamificação funciona com jogos que apresentam a proposta de avanço de fase, conquistas prêmio e acúmulo de pontos, através de rankings.

Já especificamente sobre os jogos, o estilo adotado é variado. Mas o objetivo é o mesmo: garantir experiências mais significativas de compartilhamento de ideias, através da aprendizagem.

Por fim, um ponto importante é a variedade de resultados, que estão atreladas às diferentes formas de chegar ao resultado. Método crucial para a avaliação.

Quais as vantagens de utilizar gamificação no processo seletivo?

Utilizar a gamificação durante o processo seletivo reúne benefícios não só para a empresa, mas também para os profissionais que buscam uma nova colocação no mercado. Conheça as vantagens que a gamificação traz quando aplicada ao processo de recrutamento e seleção:

Processos dinâmicos

A digitalização de processos diminui a burocracia. Cada etapa do processo de seleção é pensada de forma dinâmica e digital, desde a candidatura utilizando metodologias da gamificação, passando pela triagem automática de currículos, redação, vídeo entrevista e agendamento automático de entrevistas e dinâmicas presenciais. A plataforma oferece uma visão sistêmica de todas as vagas que foram abertas e preenchidas utilizando o Taqe.

Capacitação dos candidatos

Ao mesmo tempo em que os candidatos são convidados a se candidatarem através dos jogos interativos, eles também estão sendo preparados através de aulas que abordam conhecimentos sobre o mercado de trabalho. Ou seja, a plataforma coleta dados avaliativos sobre o candidato e também oferece conteúdo relevante para a vida profissional dele.

Engajamento

Já aconteceu do seu time não conseguir contato com um candidato, pois ele está mandando vários currículos à procura de um emprego? A gamificação gera alto engajamento e é uma solução para reter um candidato. Isso porque a metodologia faz com que o processo da sua empresa se destaque entre tantos outros e faz com que o candidato se veja motivado em completar as tarefas para oferecer dados para a criação do currículo turbinado.

Fortalecimento da marca empregadora

Quando uma empresa oferece uma experiência positiva já na hora de contratar, ela consegue criar um fortalecimento de marca perante os profissionais. A inovação chama a atenção! A gamificação oferece a possibilidade de a empresa apresentar a sua cultura e essência através dos jogos durante a candidatura. Tudo isso sem burocracia e tédio, muito pelo contrário, incluindo momentos de diversão e engajamento para os candidatos.

Feedback

Um processo tradicional de recrutamento e seleção é feito, em sua maioria, de forma manual. O feedback torna-se custoso quando não se utiliza do poder da tecnologia. Com o uso da gamificação é possível fornecer feedback por cada etapa completada, dando a oportunidade de melhorias e mostrando ao candidato a real aderência dele à vaga.

Por que utilizar a gamificação no recrutamento?

A atual geração nasceu em um mundo digital e extremamente dinâmico. As empresas, aliadas à tendência da gamificação, viram uma oportunidade de engajar e gerar maior interesse dos candidatos durante o processo de seleção.

No final, a imagem da marca acaba sendo vista como algo mais moderno, gerando maior interesse de querer fazer parte dela.  Por viverem em uma era onde jogos estão muito mais inseridos no cotidiano, as dinâmicas acabam tendo suas mecânicas utilizadas de forma muito mais simples e objetiva.

Qual a influência da gamificação no recrutamento?

Tudo que é possível ser utilizado para a melhora do processo de recrutamento e seleção é válido, isso foi visto em nosso artigo sobre a automatização desses processos. Esse assunto não foge do tema proposto aqui.

A gamificação é vista hoje como uma forma de melhor avaliação de um candidato durante os testes em que ele será envolvido. Esse aumento no poder de análise, além de facilitar o trabalho do RH, gera a meta e ideal desse processo: uma melhor análise para contratação.

Aumentando esse conceito, o bônus é muito maior. Quanto mais profissionais qualificados a empresa tiver, melhor. Ainda mais, com o engajamento que passarão a ter logo de início.

Por que a gamificação ficou tão popular nas empresas?

Por ser algo moderno, diferente e que foge de tudo aquilo que é tão burocrático e ligado aos recursos humanos. A gamificação é uma tendência interessante, que desperta curiosidade, vontade de participação, engajamento e crescimento.

Compare com uma prova. Nesse teste, você foi muito mal e reprovado. O estresse é muito maior. A gamificação, que é ligada a jogos, desperta o desafio. Em um game, quando você perde, em sua maioria, nasceu o que chamamos de “replay”, a vontade de jogar novamente, de se superar, de se auto desafiar e ser desafiado.

Como aplicar gamificação no seu processo seletivo?

Screen Shot 2019-10-15 at 16.10.03

Para sabermos quem são os candidatos perfeitos, temos que definir quais são os critérios de seleção que serão utilizados durante o processo seletivo. O seu time já passou pela situação de ter que preencher uma vaga de cargos entrada e/ou operacionais, onde os currículos parecem todos iguais e não se consegue encontrar um critério para fazer uma seleção qualificada dos profissionais? Com a solução Taqe esse problema não existe.

Veja quais as etapas para aplicar a gamificação no processo seletivo da sua empresa.

Testes de cultura

Quando uma empresa utiliza a solução do Taqe para realizar o recrutamento e seleção, o primeiro passo é realizar um teste de cultura com a empresa para entender a sua essência como organização. Isso ajuda a estabelecer quais os critérios para o match de acordo com o fit cultural.

Teste com colaboradores atuais

O segundo passo é realizar alguns testes com os atuais colaboradores. Nesta etapa, seleciona-se os tops perfomers das áreas em que as vagas serão abertas e aplica-se os testes de personalidade e competência para que seja possível identificar padrões de perfil dos profissionais.

Teste de personalidade e competências

Com esses dados conhecidos, é possível definir a trilha da candidatura, ou seja, quais são os testes e aulas (em formato de jogos interativos) que o candidato deverá trilhar para revelar dados dados relacionados à personalidade e competência.

Screen Shot 2019-10-15 at 16.11.55

Teste de conhecimentos

Depois, é hora de conhecer os conhecimentos específicos dos candidatos. Os possíveis testes de conhecimentos que podem ser incluídos na trilha da candidatura são:

  • Português;
  • Inglês;
  • Lógica;
  • Conhecimentos gerais.
Screen Shot 2019-10-15 at 16.10.35

Redação online

Para aqueles que forem completando a trilha e demonstrarem alta aderência às vagas, passam automaticamente para a etapa de redação online. Todo o processo é feito de forma digital e há feedback individual com correções gramaticais e dicas de como aperfeiçoar a arte da escrita, além de comentários sobre o desempenho nesta etapa do processo.

Screen Shot 2019-10-15 at 16.15.14

Aulas sobre a empresa

É possível incluir na trilha de candidatura aulas e jogos com informações sobre a empresa com o objetivo de engajar os candidatos e fortalecer a marca empregadora.

Screen Shot 2019-10-15 at 16.57.58

Ranking

Com todos esses dados coletados, é hora de utilizar a inteligência de dados e os algoritmos para que seja definido o ranking com os candidatos que mais se encaixam em todos os critérios de seleção da vaga.

Algumas informações dos critérios de seleção são coletadas através de perguntas complementares que podem ou não ser eliminatórias. Um exemplo é o critério da geolocalização, onde é possível triar candidatos que residam em uma área específica da cidade, o que reduz as taxas de absenteísmo , atrasos e custos com transporte.

Com o ranking definido, é possível selecionar os candidatos para as próximas fases: dinâmicas em grupo ou entrevistas finais. A etapa de agendamento é feita de forma automática pela plataforma do Taqe.

Veja o case da Natura que usou a gamificação em seu processo de recrutamento de jovem aprendiz gerando um impacto social e que trouxe mais agilidade para o processo de contratação:

Gamificação no recrutamento para gerar impacto social | Case Natura & Taqe | Jovem Aprendiz

Conclusão

A gamificação aplicada ao recrutamento e seleção é uma forma poderosa de fortalecer a marca empregadora, oferecendo experiência positiva, diversão, aprendizados, feedbacks relevantes e engajamento durante todo o processo de seleção. Todas as etapas são apresentadas de forma organizada e dinâmica, sempre deixando o candidato informado sobre tudo o que está acontecendo e o que vai ainda acontecer durante o processo.

No final, a empresa tem a certeza de que contratou o melhor candidato disponível, o candidato sente-se parte da organização e, aqueles que por algum motivo não foram aprovados, ficam armazenados no banco de candidatos certificados do Taqe para participar de outros processos em que o seu perfil dê o match perfeito.

Agende uma demonstração gratuita e conheça todas as funcionalidades da plataforma Taqe, que utiliza a gamificação, a inteligência de dados e os algoritmos para combinar candidatos e vagas num match perfeito ao mesmo tempo em que fortalecem a marca empregadora no mercado em que atuam.