fbpx

6 competências críticas para a força de trabalho de hoje

Ao longo dos anos, me envolvi com organizações líderes, ajudando-as a criar programas de treinamento, currículos e planos de desenvolvimento de força de trabalho contínuos para apoiar sua transformação digital. Ao internalizar seus desafios e oportunidades, desenvolvi uma compreensão aguçada das competências críticas necessárias para ter sucesso na economia digital de hoje, que resumi nesta lista de 10.

1. Agilidade de aprendizagem

Ser capaz de aprender com rapidez e flexibilidade é fundamental em um mundo onde a meia-vida das habilidades está diminuindo. O que é necessário para se tornar um aluno ágil?

  • Assumir o controle do crescimento pessoal e profissional.
  • Adotar uma mentalidade de crescimento e a crença de que a capacidade pode ser desenvolvida por meio do aprendizado contínuo.
  • Identificar e abraçar estratégias para adquirir novos conhecimentos, comportamentos e habilidades.
  • Aprender com outras pessoas dentro e fora da organização.
  • Adotar novas abordagens para expandir o escopo do trabalho de uma pessoa, a fim de aprender mais com as atribuições de trabalho.

2. Resiliência

A transformação digital requer resiliência para acomodar a transformação rápida e para se adaptar ou girar agilmente em resposta aos padrões de mudança em um ambiente de negócios dinâmico. O que a resiliência requer?

  • Estar aberto a novos desafios e mudar as próprias ideias e percepções em resposta às circunstâncias em evolução.
  • Desenvolver a capacidade de crescer a partir da adversidade e usar a adversidade para inovar e melhorar.
  • Encarar os desafios como oportunidades de aprender.
  • Desenvolver a capacidade de emergir mais forte do fracasso.

3. Solução criativa de problemas

 

Na economia digital, os elementos de rotina dos empregos estão diminuindo. A maioria dos empregos está se tornando não rotineiro e mais cognitivo, portanto, resolver problemas não estruturados é fundamental. A resolução criativa de problemas requer:

  • Usar de forma flexível diferentes estratégias de resolução de problemas e procurar alternativas concorrentes antes de tomar decisões.
  • Comunicar e trabalhar com outras pessoas em várias disciplinas, reunindo feedback sobre soluções e redesenhando as soluções até que a melhor seja encontrada.
  •  Manter o quadro geral do problema em mente e, ao mesmo tempo, focar em suas especificidades.
  •  Aplicar a tecnologia de maneiras engenhosas para resolver problemas difíceis.

4. Destreza digital

O componente digital dos empregos está se acelerando, valorizando a destreza digital da força de trabalho. Trabalhadores com destreza digital realizam mais distribuindo tarefas entre máquinas, software, aplicativos, comunidades em nuvem, aplicativos abertos e assistentes virtuais pessoais. Isso significa:

  • Desenvolver a capacidade e o desejo de usar tecnologias novas e existentes para obter melhores resultados de negócios.
  • Demonstrar fluência para alavancar a tecnologia para obter vantagens de maneiras exclusivas e inovadoras.
  • Abraçando a importância de participar em ambientes virtuais e físicos para se comunicar, colaborar e mobilizar redes sociais e outras de formas ágeis e criativas.
  • Dominar novas tecnologias para o desenvolvimento contínuo de habilidades.

5. Pensamento Crítico

Tarefas manuais e previsíveis serão automatizadas à medida que os robôs aumentam a inteligência humana. Isso valoriza o pensamento crítico. As tarefas hoje requerem mais julgamento e tomada de decisão, maior complexidade e a não rotina. O pensamento crítico envolve:

  • Avaliar o escopo e o impacto potencial de um problema ou oportunidade e usar critérios de negócios para avaliar cursos de ação alternativos.
  • Usar perguntas para identificar e verificar suposições, distinguindo fatos relevantes de opiniões e buscando perspectivas de outros ao administrar suposições.
  • Explorar argumentos para exatidão, precisão e lógica.
  • Aproveitando o poder do pensamento analógico e computacional.

6. Diversidade mental

 

A inovação vem da diversidade de pensamento e experiência. Criar um ambiente onde a diversidade pode florescer permite que as organizações da economia digital sejam mais inovadoras. Uma mentalidade de diversidade significa:

  • Manter a consciência e a abertura para a diversidade.
  • Internalizar a importância de acomodar as diferenças e transmitir respeito pelas diferentes perspectivas.
  • Ouvir com a mente aberta.
  • Adaptação de comportamentos e promoção da inclusão e compartilhamento.

Tradução