fbpx

O que é necessário para que seus funcionários amem sua organização – e por que é importante

Por anos, muitos recrutadores têm lidado com uma escassez de talentos que, muitas vezes, afetou a capacidade de fazer as empresas crescerem. A competição para contratar tecnólogos tornou-se particularmente urgente durante o primeiro ano da pandemia, quando as empresas estavam lutando para colocar suas operações comerciais online.

É claro que hoje parece que a falta de colaboradores se espalhou para muitas, senão para a maioria, das indústrias no que está sendo chamado de Grande Renúncia. Por uma série de razões, agora simplesmente não há trabalhadores suficientes para percorrer amplas áreas da economia.

O recrutamento e a retenção de colaboradores continuam a ser o foco principal para a maioria de nós em RH – e assim será no futuro próximo. E, surpreendentemente, quando a equipe de liderança discute com o RH a maneira mais eficaz de manter os talentos e atrair mais como eles, identifica-se um método simples que não chama muita atenção. Não é dinheiro, benefícios ou bônus.

A melhor maneira de manter seus colaboradores- e, em última análise, atrair outros como eles – é garantir que eles amem sua organização. Um dos principais objetivos de negócios é fazer com que os funcionários se sintam inspirados, confiantes e cuidados.

E tão importante quanto os funcionários se sentirem inspirados por seu trabalho, é importante também garantir que eles sintam uma conexão emocional com a própria empresa.

Claro, todos os trabalhos são ocasionalmente frustrantes ou difíceis. Mas os colaboradores que adoram vir trabalhar, que respeitam sua empresa e sentem uma conexão emocional com ela, não apenas têm mais probabilidade de ficar mais tempo, mas também encorajam outras pessoas que conhecem a ingressar na empresa.

Com isso em mente, a Forbes perguntou o que os líderes da empresa e as organizações de RH podem fazer para ajudar a incentivar os funcionários a amarem sua empresa. Aqui estão algumas de suas respostas:

Crie um ambiente onde os funcionários possam realmente ser eles mesmos

Esta foi uma resposta consistente. Como disse um profissional da equipe de RH: “Adoro poder ser eu mesmo, humano e imperfeito, enquanto me sinto incluído e valorizado – mesmo nos meus piores dias. Eu amo que nós, como organização, colocamos isso em prática com nossos colegas. ”

Abrace e recompense o aprendizado constante

Cada setor e cada empresa têm sua própria cultura e precisam encontrar maneiras eficazes de se conectar com seus funcionários. Para os tecnólogos, a aprendizagem ao longo da carreira é especialmente importante. 

Na maioria das vezes, eles procuram funções que os incentivem a explorar e descobrir. E se eles ficarem entediados, eles começarão a olhar para o próximo horizonte. 

Algumas das maneiras de incentivá-los é misturando atribuições, instigando a curiosidade e patrocinando hackathons e concursos de inovação em toda a empresa. 

E é importante comemorar quando essas equipes encontram maneiras novas e inovadoras de encantar os clientes. 

Escolha a transparência sempre que possível

Vivemos em tempos barulhentos, tanto em nossa vida profissional quanto pessoal. Todos os dias, as notícias e as redes sociais explodem com mais informações ou conjecturas do que podemos absorver e, muitas vezes, não sabemos em quem acreditar. 

Sendo o mais aberto e honesto possível com os colaboradores, construa uma cultura de confiança, que compensa quando os tempos ficam difíceis.

Isso é particularmente importante durante a pandemia. Muitas empresas precisaram mudar drasticamente a forma como trabalhavam e muitos funcionários precisavam saber que as empresas estavam com eles enquanto cuidavam de si próprios, de suas famílias e de suas comunidades. 

Com isso, é criado uma cultura de confiança, fundamental da empresa, que demonstra um compromisso com eles e seu bem-estar.

Um último conselho…

Crie um propósito empresarial que inspire. Acompanhe os números de recrutamento quando um funcionário recomenda a empresa a alguém. Olhe os líderes da empresa se esforçando para fornecer o tipo de liderança autêntica que reflete os valores e o propósito da empresa. 

No centro de tudo isso está uma conexão emocional, um vínculo de responsabilidade mútua, que acrescenta significado à maneira como passamos nossa vida profissional.

Tradução