fbpx

6 formas inovadoras de reinventar o Recrutamento da sua empresa

Sinta-se a vontade para inserir formas de inovação nas etapas de processo seletivo, só deixar um foco maior em nós em triagem e atração

Recrutar pessoas ideais para formar times produtivos nas organizações se torna cada vez mais desafiador. As dificuldades são ainda maiores quando falamos em vagas para cargos operacionais, que geralmente ocorrem em maior quantidade e as falhas nas contratações podem elevar as taxas de absenteísmo e rotatividade nas empresas.

Felizmente, em meio às instabilidades do mundo moderno, soluções inovadoras foram criadas para facilitar a atração de candidatos alinhados com as vagas, com perfil que podem ser desenvolvidos pelas organizações e integrar, com maior constância, os times organizacionais.

Neste artigo, vamos apresentar para você algumas formas inovadoras de reinventar o processo de recrutamento e seleção na sua empresa. Vamos lá?

Como a transformação digital tem afetado o recrutamento nas empresas?

A transformação digital nas empresas refere-se às mudanças relativas à digitalização dos processos e uso de plataformas sociais para o relacionamento com seu capital humano. Países que estão na vanguarda da educação já contam com disciplinas voltadas à alfabetização midiática ou digital em seus programas de educação básica, tratando a transformação digital como a alfabetização para o século XXI.

No RH, os principais resultados buscados com essas aplicações são melhorias na produtividade, desenvolvimento das habilidades digitais necessárias nos trabalhadores, promoção da motivação com o aumento, por exemplo, da flexibilidade no trabalho e melhor eficiência e assertividade nos processos de recrutamento e seleção.

Outro ponto importante a se considerar como falamos em transformação digital no recrutamento, são as novas formas de recrutamento inclusivas que que a tecnologia possibilita e que são necessárias na sociedade atual.

Startups de grande porte como o Grupo Movile, conseguem promover um recrutamento mais imparcial com o chamado recrutamento cego por meio de inteligência artificial. Critérios como sexo, raça, idade, entre outros, permanecem ocultos no sistema até o final do processo, enquanto o que é avaliado são as habilidades e compatibilidade cultural, garantindo um recrutamento mais justo.

Outra solução que vale a pena pontuar e a da Kunla.social, que transforma mães de baixa renda em agentes de recrutamento digital em suas comunidades, levando o empoderamento para essas mulheres, além de garantir que as vagas cheguem até os candidatos mais adequados à elas.

No mesmo ritmo, algumas empresas, como a Totvs têm criado programas de inclusão para 50+ no mercado que são cadastrados por meio de plataformas digitais como e representam boas aquisições para compor o quadro operacional de grandes empresas, levando mais maturidade emocional para as equipes. principalmente quando se trata de atendimento ao cliente. Empresas também utilizam critérios socioeconômicos, por meio de plataformas como o Taqe, para priorizar candidatos em condição de vulnerabilidade social.

Inovação no recrutamento

A atração é uma parte fundamental do processo seletivo, pois é nessa fase que seus futuros colaboradores têm um primeiro contato com a sua empresa.

1. Atração de candidatos

Os canais de recrutamento online possibilitam a atração de um grande volume de candidatos qualificados. Isso traz maior celeridade e eficiência para o seu processo seletivo, além de impactar positivamente a vida de muitas pessoas. Conheça alguns deles a seguir.

  • Recruta simples: esse canal funciona como um agregador de sites de empregos. Você cria a vaga e ele se encarrega de publicá-la nos demais sistemas.
  • Linkedin automações: permite que você realize buscas por cargo e empresas, entre outros critérios, além de convidar pessoas para o seu processo seletivo de forma automatizada.
  • Indeed: um dos maiores portais de emprego do mundo conta com funcionalidades pagas de impulsionamento de vagas.
  • Facebook Jobs: recurso do Facebook que permite divulgar vagas e receber candidaturas.

Os profissionais que se inscrevem para uma vaga, passam por vários testes e não são selecionados, permanecem no banco de candidatos, já certificados em várias etapas, e podem se selecionados para os processos seletivos de outras organizações.

No app de recrutamento, essa cooperatividade ajuda a otimizar muito o processo de recrutamento, visto as empresas utilizam em média 2% dos candidatos gerados em um processo seletivo. Ou seja, 98% ficam disponíveis, com teste de personalidade, lógica, português e geolocalização entre outros, já preenchidos.

2. Triagem e gestão no recrutamento e seleção

As empresas enfrentam muitos problemas com relação a triagem e gestão de candidatos. A falta de critérios objetivos, por exemplo, faz com que seja necessária a avaliação de de um grande volume de currículos, eleva o número de entrevistas e acaba levando muitos candidatos para as dinâmicas de grupo, o que deixa pouco tempo para que cada candidato mostre o seu potencial.

A dificuldade em dar um grande número de feedbacks para os candidatos também traz prejuízos para a empresa, já que eles ficam insatisfeitos com a demora e, por vezes, até a ausência do feedback, causando uma experiência ruim e interferindo na qualidade da marca empregadora.

Para escapar desses problemas e otimizar o seu recrutamento temos algumas soluções importantes. Veja!

  • Para reduzir o tempo da triagem: os testes disponibilizados pelos apps de recrutamento agilizam o processo. Os candidatos são avaliados automaticamente, segundo a aderência com a vaga, reduzindo o tempo em 80%.
  • Para selecionar os melhores: você pode definir o perfil ideal para a sua vaga e visualizar o ranking, gerado à partir de critérios que são mais importantes, de acordo com a vaga, como geolocalização, habilidades de português e lógica, entre outros.
  • Para conhecer melhor o candidato: você pode solicitar que ele faça uma redação online ou uma vídeo-entrevista e avaliar aspectos como a capacidade de comunicação antes de marcar uma entrevista presencial.

3. Gestão do processo seletivo

a falta de unidade de informações do processo seletivo em uma única plataforma pode causar inconsistência e perda de dados deixando o processo lento e ineficiente. Por isso, é melhor dizer adeus às planilhas e apostar na Inteligência de dados para garantir uma boa gestão dos seus candidatos, com os benefícios abaixo.

  • Geração de indicadores sobre o processo e perfil dos candidatos, facilitando o desenvolvimento de relatórios;
  • insights com dicas preciosas para melhorar seus processos seletivos;
  • controle com fácil acesso sobre o andamento do processo, mostrando a fase em que cada candidato se encontra e
  • movimentação em massa de candidatos para as etapas seguintes, sempre com total controle das suas ações em uma única tela!

Inovação para otimizar a seleção

Quanto maior a eficiência das fases iniciais do processo de recrutamento seleção, melhores serão os candidatos selecionados para as fases presenciais do processo, garantindo contratações muito mais assertivas.

4. agendamento de etapas presenciais.

Muitas pessoas não atendem números desconhecidos, por medo de fraude. Imagine o tempo investido em montar uma dinâmica com 20 pessoas. Para quantas pessoas você teria que ligar? Ainda precisamos considerar que podemos não conseguir o contato de todas e, dos contatos bem sucedidos, 20% a 30% podem faltar no dia da entrevista.

Quantas vagas seriam fechadas a partir desse processo? provavelmente umas 3 ou 4. Imagine uma empresa com 100 vagas por mês: o que pode ser feito para melhorar esses números? veja:

  • sua empresa pode aproveitar mais candidatos por entrevista utilizando a ferramenta de agendamento e convidar apenas os melhores do ranking, aumentando em até 3 vezes a taxa de aprovação nas etapas presenciais;
  • a ferramenta oferece horários e dias que os próprios candidatos confirmam a participação, fazendo com que o esforço para as convocações presenciais sejam menores.

5. Dinâmicas ou entrevistas presenciais.

A triagem por meio de currículos e entrevistas por telefone não são suficientes para qualificar um candidato para etapa presencial de um processo seletivo. Trabalhar apenas com essas ferramentas faz com que grande parte das avaliações sejam adiadas para as etapas presenciais, o que torna essa etapa mais demorada e pouco eficiente.

Muitos aspectos essenciais para o preenchimento de uma vaga não podem ser analisados  por telefone ou email. Você conseguiria identificar o fit cultural do candidato dessa forma? A proficiência em português, lógica ou nível de conhecimento em merchandising também são aspectos que não podemos identificar no candidato à distância.

Com as ferramentas inovadoras de automatização da triagem, você consegue consegue analisar todos os aspectos relevantes de forma digital e com eficiência comprovada. Assim, poderá investir seu tempo onde realmente importa: na seleção.

Veja alguns exemplos de dinâmicas inovadoras para essa fase tão importante:

Dinâmica de desafio

Uma caixa bem embrulhada, contendo um chocolate deve ser passada de mão em mão entre os participantes ao som de uma música. Quando ela parar, o participante que estiver com a caixa pode optar por aceitar o desafio de abri-la ou passá-la para frente. O desafio é comer o chocolate e o propósito da dinâmica e avaliar a disposição dos candidatos para aceitar desafios.

Minha identidade

Todos os participantes devem produzir o seu próprio crachá, utilizando papéis, canetas fitas adesivas e tintas que serão entregues a eles, e utilizá-los durante o encontro. Essa dinâmica permite identificar como os, de forma mais clara, o nível de criatividade e organização dos candidatos, além de como lidam com pressão e desafios.

Seu futuro na nossa empresa

Os candidatos devem ser divididos em pequenos grupos e perguntados sobre como enxergam o  futuro, a jornada profissional do colega de grupo dentro da empresa. É uma excelente forma de avaliar qual é o nível de empatia dos seus candidatos, já que a idéia de equipe é que todos cresçam juntos!

6. Feedback e experiência do candidato.

Processos seletivos que geram experiências negativas impactam muito na marca empregadora. Uma empresa com 1000 vagas no ano, com uma taxa média de aprovação entre um candidato triado e uma contração de 20%, envolve cerca de 5000 pessoas nos seus processos. Quais os efeitos de uma experiência negativa para essas pessoas?

Uma boa experiência proporcionada por meio de um sistema digital, que permita que os candidatos desenvolvam suas habilidades com aulas e testes interativos, com certeza terá um impacto positivo na sua marca empregadora.

O sistema também possibilita o envio de feedbacks em massa, personalizados para cada etapa do processo, causando uma boa impressão no candidato, com muito mais transparência e criando laços de confiança com os profissionais.

Conclusão

A integração de dados e experiências em um processo seletivo é vital para que as contratações sejam eficientes e eficazes. Ter à sua disposição, em um sistema unificado, todas as informações dos candidatos e fases do processo, agiliza a tomada de decisão, com bases sólidas e clareza de todos os possíveis gaps e gargalos do processo.

A Taqe é um sistema unificado e baseado em inteligência artificial e, com esse formato, causou um grande impacto positivo para muitos empresas e candidatos, alcançando uma alta taxa de contratações.

Que saber melhor como funciona nossas soluções para sua empresa? entre em contato e ganhe uma avaliação do seu processo seletivo!