Taqe

Indicadores de rh: Quais são e para que servem?

Os indicadores de RH ganham uma importância rica em cenários, sendo uma ferramenta importante aos profissionais da área. Saiba tudo o que precisa para iniciar esse processo.

O que são

Indicadores de RH são considerados os maiores aliados de empreendedores preocupados com o futuro de seus negócios. Basicamente, essas ferramentas medem a diferença desejada comparada à atual, organizando a meta, apresentando o resultado e mostrando o caminho certo a seguir.

indicadores de RH?

Quais são os

Engana-se quem pensa que o indicador de Rh é uma ferramenta só. Existem vários estilos e modelos com funcionalidade para resultados específicos. Vamos ver quais os principais:

principais indicadores?

O Turnover é a informação relacionada a rotatividade de funcionários dentro de uma empresa. No caso, essa “dança das cadeiras” é apontada nas saídas e chegadas de novos colaboradores, analisando a incidência e todo o processo.

Turnover

É importante ter em mãos essa questão para saber o quanto sua empresa é agradável de se trabalhar, além de evitar perda de precoces talentos.

Descrição

Indicação

Mensuração

Para solucionar, o indicador de turnover irá focar em: turnover (em%) = funcionários recém-contratados que saíram da empresa / total de recém-contratados x 100.

Relacionado ao processo de recrutamento e seleção, o percentual de vagas fechadas no prazo visa demonstrar o desempenho dessa função do setor. Caso o resultado não seja o ideal, revelará problemas no planejamento e execução dessa atividade.

Percentual de vagas fechadas no prazo

Essas questões podem estar ligadas com o sobrecarregamento dos profissionais responsáveis, ou mesmo uma dificuldade de achar candidatos interessados em ingressar no quadro de funcionários.

Descrição

Indicação

Mensuração

Para resolver, basta colocar: vagas no prazo (%) = vagas fora do prazo / total de vagas x 100 O ideal é sempre estar próximo do zero.

Através de uma pesquisa, podemos mensurar o clima presente entre os colaboradores. Usando a ferramenta E-NPS (Employee Net Promoter Score), que avalia as respostas com base em valores de 0 a 10. Abaixo alguns exemplos de perguntas: – Em uma escala de 0 a 10, o quanto você recomendaria nossa empresa como um bom local de trabalho? – Em uma escala de 0 a 10, o quanto você recomendaria o líder de equipe (chefe) como uma boa pessoa para se trabalhar? – Em uma escala de 0 a 10, o quanto você recomendaria os produtos da nossa empresa para amigos ou familiares?

Índice de satisfação dos colaboradores

Descrição

Mensuração

Após a coleta dos dados, deve-se utilizar a seguinte fórmula:  { [ ( Soma de todas as respostas ÷ 3 ) – 1 ] ÷9 } x 100 Com os resultados em mãos, os colaboradores serão classificados em três condições: Promotores (pontuação 9-10) Neutros (pontuação 7-8) Detratores (pontuação 0-6)

Presente na gestão de pessoas, o absenteísmo lida com as faltas dos colaboradores, sejam elas comunicadas ou não. Esse indicador também está envolvido com a satisfação dos funcionários, pois, é um relevante dado: insatisfeitos tendem a faltar mais sem aviso prévio. Para essa ação, basta fazer o cálculo, que dá origem ao fator Bradford (O que define o quão prejudicial pode ser essas faltas para a empresa), onde usamos a frequência de faltas de um empregado (F) e o número total de dias ausentes (D).

Absenteísmo

Fator Bradford = F x F x D. Após consolidar os dados, podemos ter uma base do tamanho da ausência de determinado colaborador, podendo ter origem tanto de má administração da empresa, quanto problemas particulares do empregado.

Descrição

Segue o cálculo:

Falando de resultados:

250 é o limite. Passando disso, é necessário ter uma conversa aberta com o colaborador para tomar a melhor medida possível.

Quer saber mais sobre os principais indicadores de RH?