fbpx

Como os executivos de RH podem ajudar a construir uma marca empregadora mais forte

Na economia digital de hoje, é difícil para todas as marcas se destacarem dos concorrentes em um mercado lotado. Se você deseja despertar o interesse de novos contratados em potencial e convencê-los de que sua empresa merece uma segunda olhada, é preciso mais do que apenas fornecer trabalho remoto ou opções híbridas.

Se você se lembrar de sempre praticar os valores fundamentais que sua empresa promove online e continuar a construir uma cultura inclusiva que coloca os funcionários em primeiro lugar, você ganhará mais atenção durante a busca de emprego de um candidato. Para ajudar os executivos de RH a fortalecer a imagem de seus negócios, um painel de especialistas do Conselho de Recursos Humanos da Forbes oferece as seguintes dicas sobre como fazer mudanças que atraiam e retenham melhores candidatos.

1. Dê vida à sua proposta de valor de funcionário

A maioria das empresas divulga propostas de valor para os funcionários em seu site. Se você realmente vive seus valores, dê um passo adiante, trazendo-os à vida. Compartilhe vídeos e depoimentos de funcionários e até clientes que mostrem aos candidatos como a organização é incrível. Por exemplo, um vídeo divertido de um evento voluntário patrocinado pela empresa demonstra seu compromisso em retribuir e a importância da colaboração e do trabalho em equipe. – Tia Smith, da Collaborative Solutions.

2. Crie vídeos nas redes sociais

Seja o mais ativo possível nas redes sociais; não se contente apenas com o conteúdo antiquado. Faça TikTok ou entre no Snapchat e Livestream seus negócios fazendo coisas incríveis! Isso ajudará a mostrar a cultura da sua empresa e posicionar sua organização como uma que entende a tecnologia e os valores modernos. – Norm Johnson, da Giant Communications.

3. Dê opções aos seus funcionários

Destacar os benefícios da empresa para definir o tom da cultura interna fará com que os empregadores pareçam atraentes para os candidatos certos. Os benefícios não são apenas sobre a cobertura principal, mas também sobre o que é construído em torno deles. O bem-estar tem uma classificação alta em termos de prioridades, mas os benefícios não essenciais vendem uma empresa tanto quanto qualquer outra coisa. A flexibilidade na escolha e na entrega é primordial. – Alan Fergusson, da WBN Global.

4. Comunique claramente sua mensagem DEI

Seja específico em suas mensagens, especialmente se estiver falando sobre diversidade, equidade e inclusão (DEI). As mensagens da marca tendem a se inclinar para uma linguagem vaga e um tanto vazia. O DEI exige ação e transparência porque os candidatos a emprego lerão palavras vagas e se perguntarão o que isso significa e como essa empresa realmente é. Escolha o idioma que aponta diretamente para quem você é como organização. – Ursula Mead, da InHerSight.

5. Concentre-se na criação de vínculos emocionais no local de trabalho

Com nossas experiências da era da pandemia, e com a esperança de que em breve seja uma era “endêmica”, os funcionários querem buscar esse vínculo emocional. As palavras-chave para focar na construção de uma marca são as seguintes: flexibilidade, estabilidade e atenção pessoal. Essas três palavras, seguidas de políticas e estratégias, vão chamar a atenção e ajudar a empresa a obter os melhores talentos para o negócio. – Prakash Raichur, da Taghleef Industries.

6. Capacite e incentive os embaixadores de alto desempenho

As organizações devem procurar internamente para identificar e selecionar aqueles que têm melhor desempenho e defensores naturais da cultura e dos valores da empresa. O boca a boca ainda é uma das melhores maneiras de estabelecer uma marca e as pessoas confiam nela. Eles não apenas têm o potencial de atrair mais talentos, mas também podem inspirar colegas a serem embaixadores! – Tiersa Smith-Hall, da The Hartling Group.

7. Crie e promova diversas campanhas publicitárias

No ambiente competitivo de hoje, é mais importante do que nunca mostrar de forma visível e tangível um compromisso com a diversidade, equidade e inclusão. Anúncios que apresentam pessoas com necessidades especiais, membros da comunidade LGBTQ+, veteranos, afro-americanos, latinos e comunidades sub-representadas em geral não apenas demonstram o compromisso da empresa com o DEI, mas também ajudam a atrair talentos dessas populações. – Kevin Silva, da Voya Financial.

8. Incentive os funcionários a compartilhar suas próprias histórias

O conteúdo de marketing de recrutamento com curadoria pesada é um desligamento para muitos, e os candidatos a emprego desejam autenticidade. Portanto, capacite seus funcionários a compartilhar suas histórias de carreira nas plataformas em que se envolvem regularmente. Isso humaniza sua marca de forma autêntica e genuína. Isso também prova que sua marca realmente se alinha à sua proposta de valor para funcionários (EVP). – Kim Pope, da WilsonHCG.

9. Mantenha sua página de carreira atualizada e interativa

Atualize sua página de carreira para compartilhar histórias de funcionários e se concentrar nos tipos de benefícios que você oferece. Quanto mais valor você puder mostrar aos funcionários atuais e futuros, mais aptos eles estarão para permanecer e se interessar pela sua empresa. Torne-o envolvente com vídeos e perfis de funcionários. Além disso, incentive os funcionários a postar em sites de avaliação para que os candidatos em potencial possam ver como é a cultura. – Erin ImHof, da CertiK.

10. Colaborar com ex-funcionários

Construa uma forte rede de ex-funcionários e colabore com eles. Os depoimentos boca a boca de suas experiências enquanto trabalhavam na empresa podem se espalhar rapidamente e atrair os melhores talentos. Não deixe o relacionamento com ex-funcionários parar na entrevista de saída. Faça de alguns deles seus embaixadores da marca ou consultores especializados. – Mofoluwaso Ilevbare, da Primary Connect.

Tradução