14 dicas de planejamento de gestão estratégica

O planejamento de gestão estratégica é fundamental para ajudar uma empresa a atingir seus objetivos. Para que um negócio cresça e prospere, a equipe precisa ser uma máquina bem lubrificada que saiba para o que está trabalhando e como.

Quando se trata de planejamento de gestão estratégica, não basta ter um objetivo em mente, é preciso acompanhar o progresso da sua empresa para garantir que está no caminho certo.

 Para isso, 14 membros do Conselho de Recursos Humanos da Forbes fornecem suas melhores dicas para o planejamento de gestão estratégica e como esse conselho ajudou sua empresa a atingir metas de curto e longo prazo.

1. Esteja em sintonia com o C-Suite da sua organização

Construir parcerias de negócios e cultivar relacionamentos com os executivos de sua organização ajudará as equipes a entender a visão dos executivos para o futuro da organização e alinhar as iniciativas de hoje e as metas de amanhã. Conhecer o roteiro estratégico para o futuro ajudará a construir efetivamente a equipe de RH de uma empresa a longo prazo – David Tripp, da Sage Dental.

2. Escreva um white paper

Eu uso um processo aprendido no meu tempo na Amazon, escrevendo um white paper para esclarecer meu pensamento. As entradas para um artigo foram conversas com líderes e funcionários, juntamente com dados de várias fontes. Isso ajuda a enquadrar as oportunidades e ações, além de identificar datas e métricas. Ele também fornece um veículo para socializar para mais informações e refinamento, levando a um plano acionável – Val Rupp, da fabric.inc.

3. Traga o exterior para dentro

É fácil se concentrar em tópicos internos diários e perder outros fatores que afetam seu planejamento. Do lado de RH, gosto de iniciar a conversa analisando fatores ambientais externos, como economia, demografia, concorrência, fatores sociais, tecnologia e fatores políticos e legais – Kari Durham, da Skyworks Solutions, Inc.

4. Mudança do pensamento linear para uma perspectiva sistêmica

Mudar sua perspectiva implicará mapear conexões entre cenários prováveis ​​e hipotéticos e executar simulações. Por causa do feedback que inevitavelmente ocorre nos sistemas, mesmo pequenas mudanças podem ter efeitos profundos. Temos ajudado várias empresas a alcançar resultados extraordinários desta forma – Pravir Malik, da Galaxiez.

5. Alinhar Capital Financeiro com Capital Humano

O planejamento estratégico mais eficaz alinha a implantação do capital financeiro com o capital humano. Outras considerações para apoiar o planejamento de gestão estratégica incluem considerar o crescimento, o impacto na reputação, o impacto nos clientes, a sustentabilidade da estratégia e a vantagem competitiva – Kevin Silva, da Voya Financial.

6. Comece com o fim em mente

Seja ousado, tenha uma “grande meta cabeluda” (BHG) e mapeie sua linha do tempo e ações em cada área que se aplica ao seu negócio em vendas, pessoas, propostas e outras áreas. Seja aberto sobre seu BHG, deixe seu pessoal saber o que é, faça com que eles invistam nele e vincule tudo a ele. Abrace seu BHG! – Alan Fergusson, da WBN Global.

7. Esteja na mesa executiva

Você tem que sair do seu domínio de RH. Para planejar estrategicamente, você deve ter uma visão geral do negócio e dos principais objetivos que seu C-Suite tem para o curto e longo prazo. É quando você sabe (e esperançosamente é capaz de se envolver em feedback colaborativo) que pode realmente criar e projetar uma estratégia de pessoas que será eficaz – Nakisha Griffin, da Neustar Security Services.

8. Construa uma equipe central de funcionários que possa fazer parceria com você

Como líderes, muitas vezes sentimos que o planejamento estratégico é deixado apenas para nós; no entanto, isso não é verdade! Alcancei grandes e pequenos objetivos por meio do uso efetivo de uma equipe bem representada. Isso permite que mais vozes e perspectivas sejam consideradas e muitas vezes leva a melhores produtos finais e resultados. E muitas vezes, há diversão a ser encontrada ao longo do caminho – Brandy Marshall, da Franklin Pierce School District.

9. Envolva toda a liderança no processo

Certifique-se de que toda a liderança esteja ciente das mudanças e envolva-os no processo para que você tenha adesão imediata. Ajuda a obter suas opiniões para que eles sintam que contribuíram para a mudança. Continue a acompanhá-los durante o processo de mudança para que possam se comunicar efetivamente com suas equipes – Erin ImHof, da CertiK.

10. Defina uma meta primeiro, depois trabalhe para trás

O processo de gestão estratégica consiste em ir do Ponto A ao Ponto B de forma mais eficaz e eficiente. Uma boa dica é trabalhar para trás. Defina qual é o objetivo primeiro, depois trace os passos necessários para chegar lá. A colaboração e a comunicação com a equipe envolvida são fundamentais, por isso certifique-se sempre de estar alinhado com a liderança – Jenny Bode, da Commercial Bank of California.

11. Saber quantificar iniciativas centradas nas pessoas

O retorno do investimento e o custo do planejamento precisam ser comunicados de forma que a aprovação possa ser concedida em um prazo razoável. Se isso não for feito, isso pode deixar um sentimento desmotivado – Tiersa Smith-Hall, da The Hartling Group.

12. Seja transparente e comunique-se

Você não atingirá metas ou objetivos sem ser transparente em todos os níveis da organização, comunicando claramente as expectativas, obtendo adesão e, o mais importante, usando KPIs para medir e acompanhar o progresso e o sucesso. Ao seguir essas etapas, você poderá identificar a necessidade de dinamizar ou desviar mais rapidamente – JacLyn Pagnotta, da Allied Partners.

13. Use dados históricos para estabelecer um processo claro

Devemos sempre consultar nossos dados históricos, analisá-los e estabelecer um processo de planejamento estratégico claro e significativo. Para garantir o sucesso, devemos engajar todos os níveis de funcionários e construir um plano de comunicação transparente. A comunicação é a chave – Rabah Bu Hamdan, da National Aviation Services (NAS).

14. Coloque toda a equipe na mesma página

A comunicação clara e consistente é uma chave importante para o planejamento estratégico da gestão para que todos estejam na mesma página em relação à missão, valores e objetivos da empresa. Isso fornece um roteiro que é fundamental para o sucesso. Por meio de uma comunicação eficaz, planos e atividades podem ser monitorados, medidos e ajustados de acordo para promover mais adaptabilidade para alcançar objetivos de curto e longo prazo – Niki Jorgensen, da Insperity.

Texto traduzido da Forbes