fbpx

Os incentivos dos seus funcionários estão alinhados com o mercado?

Seja uma equipe esportiva, um grupo de trabalhadores ou uma equipe de trabalho em um escritório corporativo, o objetivo de qualquer líder de equipe é criar uma unidade coesa que funcione como uma só. Uma liderança forte pode ajudar a tornar essa meta uma realidade. Mas mesmo o líder mais forte terá dificuldade em criar coesão se os incentivos não estiverem alinhados.

Falta de alinhamento, muito comum

À primeira vista, pode parecer que os incentivos de uma equipe de trabalho estariam naturalmente alinhados – todos não querem que a equipe e a organização tenham sucesso? Mas, ao cavar, normalmente descobriremos fontes de incentivos conflitantes.

Um exemplo óbvio são as estruturas de pagamento. A remuneração de um representante de vendas é muitas vezes impulsionada em grande parte por comissões, o que significa que este trabalhador é fortemente incentivado a fazer vendas para ajudar em seus próprios resultados, mesmo que essas vendas não sejam necessariamente no melhor interesse da organização. 

Por exemplo, a venda de um produto altamente personalizado pode gerar uma boa comissão para o representante de vendas, mas colocar uma carga excessiva na equipe de produção em relação às margens.

Da mesma forma, quando alguns funcionários são pagos por hora e outros são pagos por salário, os funcionários horistas podem estar mais motivados a colocar horas extras – e acumular horas extras lucrativas – em comparação com os colaboradores assalariados, que não veem outro centavo por trabalhar até tarde.

O pagamento não conta toda a história

O pagamento é um elemento-chave da motivação de um funcionário, mas não conta toda a história. O desempenho em diferentes funções de trabalho também é avaliado de forma diferente.

Um funcionário do departamento de conformidade, por exemplo, pode ser muito mais avesso ao risco do que um funcionário da equipe de marketing porque o desempenho do funcionário de conformidade é baseado em evitar riscos de conformidade, enquanto o desempenho do funcionário de marketing é baseado no aumento do retorno sobre o investimento (ROI.)

Em última análise, o desempenho tende a impactar a remuneração, mas mesmo no nível mais imediato de feedback dos superiores, os funcionários são psicologicamente incentivados a buscar elogios e evitar críticas.

As melhores equipes são aquelas que trabalham juntas em direção a um objetivo comum; no entanto, alcançar esse tipo de coesão é extremamente difícil quando os incentivos não estão devidamente alinhados. 

Quais estratégias sua empresa está criando para alcançar esse alinhamento?

Tradução